Notícias

Marcos Pontes quer reverter corte no orçamento de Ciência e Tecnologia

Governo cortou R$ 2,1 bilhões do ministério neste ano 
 
O ministro da Ciência e Tecnologia, o astronauta Marcos Pontes, disse que negocia com a área econômica do governo federal a reversão de ao menos metade do corte anunciado para a pasta neste ano, o que representaria um valor de R$ 1 bilhão.

Em março, o Ministério da Economia anunciou um corte de 42% no orçamento do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), equivalente a R$ 2,1 bilhões.

Pontes ressaltou que a liberação de verbas é imprescindível para a continuidade de três ações prioritárias da pasta: a manutenção do pagamento de bolsas para pesquisadores, de recursos para unidades de pesquisa de todo país e o prosseguimento do projeto Sirius, acelerador de partículas brasileiro que, em alguns aspectos, será o melhor do mundo.

"O problema é que nosso orçamento já estava baixo, é um corte em cima de corte", disse. "A ciência e tecnologia não são gastos, mas investimento, isso tem que ficar claro. E as pesquisas não podem parar."

Os recursos para a ciência e tecnologia têm sido enxugados desde 2013. Naquele ano, a pasta tinha R$ 9,5 bilhões, contra R$ 2,9 bi neste ano após o corte da área econômica.

Leia na íntegra: Folha de SP  


C.G/N.O

Manchete

Governo cortou R$ 2,1 bilhões do ministério neste ano


Postado

18.abril | 2019


Imprimir


Compartilhar


Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 99925-1735 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)
(47) 3234.1866 (Blumenau)

 

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb