Notícias

Fies atrai menos alunos e reduz opções para mais pobres

Com inscrições abertas a partir desta quinta-feira, dia 7, o Fies, que financia cursos de graduação em instituições privadas, está mais enxuto este ano, segundo reportagem da BBC Brasil. O número de contratos caiu de 733 mil em 2014 para no máximo 100 mil por ano até 2021, enquanto a demanda não para de crescer. Hoje, cerca de 40% dos estudantes não têm condições de arcarem sozinhos com as mensalidades da graduação.  
 
Com as mudanças no Fies, as regras ficaram mais rigorosas, o que acabou reduzindo a adesão ao programa.  No ano passado, o governo de Michel Temer pretendia incluir 310 mil novos alunos no Fies. De acordo com o Ministério da Educação, das 100 mil vagas ofertadas na modalidade governamental com taxa de juros zero, foram firmados 82 mil contratos.

Leia mais: BBC

Postado

7.fevereiro | 2019


Imprimir


Compartilhar


Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 99925-1735 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)
(47) 3234.1866 (Blumenau)

 

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb