Notícias

Atenção para o 'golpe do motoboy' que rouba as senhas dos cartões

Bancos têm reforçado seus alertas para que clientes não forneçam senhas e entreguem cartões a terceiros, conforme fraudadores intensificam o contato  com o consumidor na tentativa de driblar a proteção às redes bancárias.

Instituições estão especialmente preocupadas com o chamado “golpe do motoboy”.

O Procon orienta que os clientes, ao perceberem a fraude, entrem em contato com o SAC do banco, peçam o bloqueio dos cartões e pleiteiem o reembolso. Caso o banco não conceda a devolução dos valores, o consumidor deve procurar o Procon e, em último caso, recorreram à Justiça.

Orientações para não cair no golpe:

- Nunca forneça dados pessoais, bancários ou senhas em ligações ou e-mails, mesmo que o remetente se identifique como funcionário do banco;
- Bancos nunca realizam a coleta de cartões ou pedem para o cliente levá-los até algum endereço; não os entregue a terceiros;
- Não use celular de terceiros para ligar para o banco. Os dados podem ficar registrados na memória do aparelho;
- Não clique em links ou arquivos recebidos por e-mail ou mensagens instantâneas. Eles podem instalar programas maliciosos que roubam dados;
- Se tiver dúvida sobre a veracidade de um contato telefônico do banco, encerre a chamada e faça uma nova ligação para a instituição utilizando outra linha;
- Desconfie de ofertas milagrosas diferentes das praticadas no mercado
 

Manchete

Alguns professores sindicalizados já caíram no golpe. Veja as orientações para evitar o furto de cartões e senhas


Postado

6.dezembro | 2018


Tags

golpe; cartão; senhas; bancos


Imprimir


Compartilhar


Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 3027.7992 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)
(47) 3234.1866 (Blumenau)

 

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb