Notícias

MEC nomeia Ubaldo Cesar Balthazar reitor da UFSC

APUFSC

O Ministério da Educação (MEC) publicou no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 04 de julho de 2018, o Decreto de 3 de julho de 2018 que nomeia o professor Ubaldo Cesar Balthazar para o cargo de reitor da Universidade Federal de Santa Catarina. O mandato é de quatro anos. O Decreto pode ser acessado na página do DOU ou aqui e foi assinado pelo Presidente da República e pelo Ministro da Educação.

A votação da Consulta Pública para reitor 2018 contou com três candidatos (52, Ubaldo Cesar Balthazar; 57, Edson Roberto De Pieri; 80, Irineu Manoel de Souza) e ocorreu, em primeiro turno, no dia 28 de março. O segundo turno foi realizado no dia 11 de abril, sendo que Ubaldo obteve 56,19% dos votos (resultado oficial do segundo turno). Depois, em 11 de maio, teve o nome confirmado em sessão especial do Conselho Universitário, com mais de 87% dos votos de Conselheiros. Mais de 40 mil eleitores estavam aptos a comparecer às urnas, envolvendo estudantes e servidores dos campi de Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville.

“É uma grande notícia que traz consigo o peso da responsabilidade em assumir, em definitivo, a gestão da UFSC. Sempre disse que não me imaginava no cargo, mas desde que a comunidade me escolheu e meus colegas do Conselho Universitário confirmaram meu nome, passei a encarar a tarefa como legado de meus mais de 40 anos na Instituição. Agora vamos continuar o trabalho iniciado pelo professor Cancellier e pela professora Alacoque, legitimados pela comunidade e com o apoio de todos que querem uma UFSC forte, em paz e em harmonia”, declarou o reitor nomeado.

Ubaldo Cesar Balthazar é Professor Titular da UFSC, onde ingressou como servidor docente, em 1º de março de 1978. Doutor em Direito pela Universidade Livre de Bruxelas, Mestre e Graduado em Direito, ambos pela UFSC. Atua no ensino, pesquisa e extensão em direito tributário, tributos, Sistema Tributário Nacional, direito público e princípios constitucionais tributários. Foi Coordenador do Curso de Graduação, do Programa de Pós-Graduação em Direito, Chefe do Departamento, Vice Diretor e Diretor do CCJ. Ex-Presidente do Conselho Curador da Fundação José Arthur Boiteux. Escritor, tem vários livros e artigos publicados. Membro da Comissão de Direito Tributário da OAB/SC e do Instituto dos Advogados de Santa Catarina (IASC). Natural de Siderópolis tem 65 anos, é casado e tem três filhas. Estava respondendo como Reitor pró-tempore da UFSC desde 27 de novembro do ano passado.

A eleição do novo Reitor foi realizada em razão da morte do professor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, em outubro de 2017. A vice Reitora, Alacoque Lorenzini Erdmann, segue no cargo até maio de 2020.

A posse do professor Ubaldo ainda não foi agendada pelo MEC.

Desafios à frente

Em 12 de abril de 2018, o reitor eleito concedeu uma entrevista coletiva para os órgãos de divulgação institucional, Agecom e TV UFSC, para os estudantes do curso de Jornalismo e a imprensa externa. Na oportunidade, falou sobre a vitória e os desafios à frente. Confira.

O primeiro questionamento feito ao futuro gestor foi sobre as ações prioritárias apresentadas no período da campanha – Moradia Estudantil, Hospital Universitário (HU) e Restaurante Universitário (RU). Ubaldo disse que “é preciso voltar os olhos ao HU. Não há dúvida que há muito a ser melhorado e vamos nos empenhar para resolver, seja por meio da Universidade, seja pela Ebserh. Fazer valer o contrato que temos com a gestora do hospital, pois há setores que precisam de atenção imediata como, por exemplo, a Emergência Adulto e Pediátrica. A realidade não condiz com o que deve ser um hospital-escola, e de uma universidade de ponta”, reforça.

Sobre o RU, enfatizou que “uma reclamação antiga são as filas. Temos algumas ideias ainda sem uma definição interna, como ampliar um espaço desocupado da antiga cozinha do restaurante, que pode acrescentar até 400 novas vagas. Não resolve totalmente, mas poderá reduzir bastante o tempo de permanência nas filas”.

Ubaldo colocou que “na Moradia Estudantil, problemas emergenciais já estão sendo resolvidos com algumas reformas, como infiltração, infestação de animais e outras relacionadas à estrutura e itens de uso domiciliar. O problema maior se refere à quantidade de leitos, 167, que para um contingente de universitários carentes é muito pouco”. Há a possibilidade de compra de um imóvel para atender a demanda, que será avaliada no decorrer da gestão.

Para ele, “muitas ações vão esbarrar no problema de recurso, nosso orçamento, que embora corresponda a quarta maior cidade de Santa Catarina, 90% é para pessoal e custeio, o resto é contingenciado”. Citou que a solução pode estar nas emendas parlamentares.

Na sequência, explicou os próximos passos para sua nomeação no Ministério da Educação (MEC). “Eu ainda não sou o novo reitor da Universidade, eu continuo pro tempore até a posse no ministério”, que ainda não tem data definida. O escolhido na consulta é o primeiro da lista tríplice. Desde 1984 e o que esperamos que continue que aconteça é que se cumpra a tradição”.

Indagado sobre o desafio de, mesmo estando próximo de sua aposentadoria, encarar a gestão da UFSC até 2020, falou que esse processo lhe permitiu ver as possibilidades que ainda tem para administrar a Universidade. Com “uma boa equipe, vontade de trabalhar e discernimento, não vejo grandes traumas pela frente”. O maior obstáculo será “conduzir a universidade com calma e tranquilidade, sem sobressaltos, encarando os problemas de frente” e, como repetiu mais de uma vez, sempre com muito diálogo.

Fonte: Agecom/UFSC

Retrospectiva da Consulta

Comunidade universitária escolhe Ubaldo para reitor da UFSC
Cerca de 40 mil eleitores podem comparecer às urnas nesta quarta
Urna complementar para alunos de pós-graduação
Ausência de candidatos marca debate estudantil
Candidatos abordam moradia estudantil e expectativa para o dia da votação
Principal debate na UFSC reforça projetos das candidaturas
Estudantes protestam e reivindicam ampliação da moradia estudantil
Comunidade universitária manifesta-se sobre seus candidatos
Consulta a Reitor na UFSC modifica rotina de alunos, técnicos e professores
Consulta pública para o futuro Reitor será nesta quarta em toda a UFSC
Inscrições de candidatos ao processo de consulta para reitor(a) da UFSC iniciam dia 19 de fevereiro
Comissão eleitoral define calendário de consulta à comunidade para escolha de reitor
UFSC realizará consulta pública paritária para escolha de novo reitor da universidade
‘Vigília democrática’ nesta quarta demanda ao Conselho Universitário consulta pública para reitor
 
 

Manchete

Decreto foi publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (4). Mandato é de quatro anos. Ubaldo foi eleito em segundo turno com 56,195 dos votos. Posse ainda não foi agendada


Postado

4.julho | 2018


Tags

ufsc; reitor; ubaldo; nomeação; mec; DOU


Imprimir


Compartilhar


Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 3027.7992 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb