Notícias

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Diante do processo de consulta à comunidade universitária para a eleição de preenchimento de cargo de vacância de reitor da UFSC, e para o qual a APUFSC-SINDICAL, legalmente constituída com Carta Sindical, bem como legítima representante dos docentes (2.843 sindicalizados), foi convidada a participar da Comissão Eleitoral, temos a esclarecer que:
 
1) A COMELEUFSC (Comissão Eleitoral da UFSC) é constituída por representantes da APUFSC-SINDICAL, “ANDES”, APG, SINTUFSC e DCE, e presidida pelo representante do “ANDES”, com o qual temos sérias divergências no plano político-sindical. Esclareça-se que o ANDES move contra a APUFSC-SINDICAL, no Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina, ação que pleiteia anular as AG´s que decidiram pelo desligamento daquele sindicato nacional. Tramita também em Brasília ação entre as duas entidades em que a controvérsia é o objeto;
 
2)  A Diretoria da APUFSC decidiu participar da COMELEUFSC, que organiza o processo de consulta, considerando o caráter de excepcionalidade em que se encontra a UFSC. Esta deliberação foi referendada por unanimidade pelo Conselho de Representantes da entidade em reunião de 29/11/2017;
 
3) A APUFSC participará do processo por entender que, neste momento, precisa-se de unidade concreta para superar a fase crítica por que passa nossa instituição, com caráter propositivo, de se ter um processo transparente e participativo;
 
4) O Conselho de Representantes também reiterou por unanimidade a posição da diretoria da APUFSC-SINDICAL de reivindicar mudança na metodologia de consulta, passando a se ter o processo feito via “web”. Tal pleito é de suma importância, considerando-se que: a) Tem-se na UFSC os mesmos instrumentos já testados e aprovados na USP, IFSC e tantas instituições nacionais e internacionais; b) O custo de implantação e execução é praticamente nulo, se comparado com os quase R$ 30.000,00 gastos na última consulta para reitor. Nestes tempos de orçamento limitado que se atravessa, seria desperdício, irresponsabilidade administrativa este gasto inútil; c) O envolvimento em termos de trabalho, de pessoas e de outras  necessidades para o planejamento e execução da consulta com uso de urnas eletrônicas é imensamente superior ao do sistema via “web”; d) Em termos de segurança os servidores em que se executaria a consulta são auditados; e) A evolução para os sistemas on-line é irreversível e, se a comissão atual não adotá-lo, fatalmente será eclipsada pela próxima comissão, que adotará tal método.
 
Finalmente, entendendo que os docentes, em sua maioria, defendem a aplicação da lei em vigor, com a ponderação de 70% para a categoria, neste momento em que precisamos superar a fase crítica por que passa a UFSC, não podemos nos omitir, reiterando assim a participação, com as reservas apontadas.
 
*Diretoria e Conselho de Representantes do Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarina (Apufsc-Sindical)
 

Manchete

Posicionamento da Diretoria e do Conselho de Representantes (CR) da Apufsc sobre a consulta para a escolha do reitor da UFSC


Postado

5.dezembro | 2017


Tags

nota oficial; consulta reitor; ufsc; comeleufsc; apufsc; andes


Imprimir


Compartilhar


Comentário

Captcha

9.dezembro.2017 - 17:17

Achei que a JUSTIÇA DECIDIU que ANDES não representa os docentes de UFSC. O que aconteceu que agora a directorea de UFSC fica junto com a ANDES!!!

- Ted Taylor

Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 3027.7992 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb