Notícias

Estudantes da UFSC entram em greve contra os cortes na universidade


A votação foi realizada utilizando cédulas distribuídas através de um credenciamento. Foto: Diana Koch

Em assembleia estudantil que durou mais de três horas, estudantes da UFSC aderiram à greve geral por tempo indeterminado contra o corte de verbas e a precarização das atividades na universidade. O sol e o calor de 30 graus não impediram que mais de mil alunos ocupassem a Praça da Cidadania em frente à reitoria. 

A mesa foi composta por membros do Diretório Central dos Estudantes (DCE) Luís Travassos, que coordenaram a reunião, e representantes de estudantes negros e indígenas. Foram abertas 20 falas de três minutos para manifestação dos cursos e encaminhamentos para os próximos passos da paralisação.

O caráter da greve está centrado na recomposição do orçamento da UFSC, contra os cortes do MEC para 2020, rejeição ao programa Future-se, readmissão dos trabalhadores terceirizados, revogação da emenda de gastos, solidariedade à UFFS, entre outras deliberações. Durante os momentos de fala, os estudantes criticaram a postura do reitor Ubaldo Balthazar frente à situação da universidade e lembraram que ele está de férias até o dia 16 de setembro.  

Entre os 66 cursos que já sinalizaram mobilização, alguns estão em greve e outros estão em estado de greve - uma condição anterior à paralisação, em que as aulas continuam, mas há um movimento para engajar as diferentes categorias. Nos cursos que já estão em greve estudantil, são desenvolvidas atividades paralelas e há o incentivo para que, em forma de protesto, os estudantes não frequentem as aulas normalmente. Uma comissão está sendo criada para dialogar com os docentes em relação à reposição do calendário acadêmico.

Diana Koch e Eduardo Melo

Manchete

Em assembleia, representantes de 66 cursos decidiram não frequentar as aulas em forma de protesto


Postado

10.setembro | 2019


Imprimir


Compartilhar


Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 99925-1735 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)
(47) 3234.1866 (Blumenau)

 

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb