Notícias

Ações do MEC ameaçam 'conquistas educacionais históricas', diz associação de escolas particulares

As ações do MEC "podem pôr em risco conquistas educacionais históricas e ameaçam alguns pilares da educação nacional", segundo a Abepar (Associação Brasileira de Escolas Particulares), que reúne colégios privados de São Paulo como Bandeirantes, Pentágono e Santa Cruz.
 
Em nota, divulgada pela associação nesta quarta-feira (15), a Abepar diz que as iniciativas do MEC geraram uma reação dos atores envolvidos, "como não poderia deixar de acontecer".

"A divulgação pouco cuidadosa de cortes de verbas das universidades federais, a suspensão repentina da concessão de bolsas de estudo, que prejudicam o campo das pesquisas científicas, tão necessárias ao desenvolvimento, inclusive econômico, do Brasil, a tentativa de implantar por decreto um único método de alfabetização, entre outras medidas, constituem ameaças efetivas à educação em nosso país", afirmou.

A Abepar defende que o governo reveja as medidas adotadas. "É importante que professores sejam respeitados pelos alunos e valorizados pela sociedade e que as universidades sigam livres", disse. 

Esquerdopatas 

Já o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo (Sieeesp), que representa as escolas particulares, divulgou nota na qual afirma que os colégios particulares que aderiram à paralisação desta quarta-feira "são apenas algumas escolas dominadas por esquerdopatas que só querem o pior para o país". Segundo a entidade, são 25 a 30 escolas em um universo de 10 mil no estado. A orientação do sindicato das escolas é descontar o dia parado do salário.

Leia Mais: Folha de S. Paulo

 

Manchete

Já o sindicato das escolas particulares de SP disse que colégios que aderiram à paralisação são dominados por "esquerdopatas"


Postado

15.maio | 2019


Imprimir


Compartilhar


Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 99925-1735 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)
(47) 3234.1866 (Blumenau)

 

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb