Jurídico

Servidor tem direito a permanecer no regime de previdência anterior à Funpresp

A Terceira Turma Recursal de Santa Catarina, por unanimidade, negou provimento ao recurso interposto pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e confirmou sentença que acolhe pedido de filiado da Apufsc-Sindical de não aderir compulsoriamente ao Funpresp, ainda que egresso de órgão estadual, permanecendo assim sob o regramento contributivo anterior à Lei nº 12.618/2012.
 
A ação, ajuizada pela Assessoria Jurídica do Sindicato, discute o direito do professor, empossado na UFSC após quatro de fevereiro de 2013, porém egresso de órgão estadual e sem perda do vínculo com o serviço público, de exercer a opção prevista no § 16 do art. 40 da Constituição Federal para não aplicar o limite máximo estabelecido para os benefícios do regime geral de previdência social (§§ 14 e 15).
 
A sentença que reconhece o direito do professor entendeu que “a interpretação feita pela Administração viola o principio da isonomia, também previsto na Constituição, pois estaria diferenciando servidores públicos dos diferentes entes federativos”. E concluiu: “se a pessoa já era servidor público anteriormente à instituição da previdência complementar e, posteriormente a tal instituição assumiu cargo público federal, estadual, municipal ou distrital, sem quebra de vínculo com a Administração Pública, deve ter a opção de permanecer no regime previdenciário antigo.”.
 
Com essa decisão, deixa de ser aplicado aos proventos do docente o limite do teto do benefício concedido aos segurados do INSS (atualmente em R$ 5.531,31), desobrigando-o a aderir ao Funpresp para complementar sua aposentadoria.
 
A UFSC recorreu da decisão da Turma Recursal e a ação aguarda julgamento no STF.
 
 

Manchete

Com essa decisão, deixa de ser aplicado aos proventos do docente o limite do teto do benefício concedido aos segurados do INSS


Postado

26.abril | 2017


Tags

funpresp; jurídico; previdência


Imprimir


Compartilhar


Comentário

Captcha

Filiar-se

Newsletter

(48) 99944.0103 (WhatsApp)
(48) 3234.2844 e 3234.5216 (Max & Flora)
(48) 3721.9425 e 3234.3187 (Campus Trindade)
(47) 3027.7992 (Joinville)
(49) 3241.4181 (Curitibanos)
(48) 3524.0228 (Araranguá)

© APUFSC Sindical

Designed & Created by: Hupx Tecnologia Powered by: Dynamicweb